terça-feira, 2 de agosto de 2011

Noobnews Fantásticas: lançamentos da Tarja Editorial

Agosto será um mês ótimo para os apreciadores da literatura fantástica, especialmente pelos lançamentos e debates que acontecerão no Fantasticon deste ano.
Hoje trago para vocês os releases dos mais recentes livros do catálogo da Tarja, a maior editora exclusiva de Literatura Fantástica brasileira, que vem se firmando por meio de suas apostas em novos nomes da literatura fantástica nacional e do que há de melhor na literatura contemporânea estrangeira.

Em sintonia com o crescimento da literatura de fantasia no mundo, e aliado às dezenas de eventos que têm ocorrido por todo o país, as editoras retomam a publicação de literatura fantástica 100% brasileira.

Tempos de AlgóriA
Autoria: Richard Diegues

Nº de páginas: 220
Formato: 14 x 21cm
ISBN: 978-85-61541-00-2
Preço: R$32,00

Na ponta dessa tendência, a Tarja Editorial lançou o livro “Tempos de AlgóriA”, do escritor Richard Diegues (autor do blockbuster Cyber Brasiliana), que com sua prolixidade de estilos é a promessa da nova geração.

A obra, ousada no aspecto visual e no conteúdo, é nitidamente moldada com os recursos que vêm atraindo milhares de fãs de literatura de fantasia ao redor do globo: muita ação, uma história complexa e personagens ricos em conflitos internos. A obra, já em fase de negociação com o exterior, deve alavancar a visibilidade dos brasileiros no mercado europeu.

E, mesmo que fosse apenas pela trama onde dragões e criaturas bizarras enfrentam criaturas místicas e cavaleiros de armaduras brilhantes, ou pelo fato de que tudo isso se passa em um onírico universo de Sonhos e Pesadelos, ou ainda por esse Universo estar ameaçado por um inimigo imprevisível que literalmente consome aos poucos todo o universo, ainda assim haveria algo mais a ser dito a respeito dessa obra: Tempos de AlgóriA é o livro que abre a Coleção AlgóriA, onde obras de diversos autores se entrelaçam e colidem, cada uma com seus problemas, mas todas relacionadas pelo mesmo advento que surge com um só fim: destruir universos.

Sobre o autor: Richard Diegues é escritor, editor e consultor tecnológico. Atualmente mora na cidade de São Paulo. Autor dos livros: Magia – Tomo I (1997), Sob a Luz do Abajur (2007) e Cyber Brasiliana (2010). Também é organizador e co-autor dos livros Necrópole – Histórias de Vampiros (2005), Visões de São Paulo (2006), Necrópole – Histórias de Fantasmas (2006), Histórias do Tarô (2007), Necrópole – Histórias de Bruxaria (2007), de quatro volumes da Coleção Paradigmas (2009/2010), além de co-autor dos livros Portal Fundação (2009), Livro Vermelho dos Vampiros (2009), Imaginários 1 (2009) e Cyberpunk – Histórias de Um Futuro Extraordinário (2010). Sua obra mais recente é o romance Tempos de AlgóriA (2011). Colaborou com diversos jornais, revistas e sites da Internet, além de participar ativamente de eventos na área de Literatura Fantástica.

Em sintonia com o crescimento da literatura de ficção científica no mundo, e aliado às dezenas de eventos que têm ocorrido entre o Brasil e Portugal, as editoras iniciam a publicação de literatura fantástica portuguesa em terras brasileiras.

A bondade dos estranhos
Autoria: João Barreiros
Nº de páginas: 120

Formato: 14 x 21cm
ISBN: 978-85-61541-37-8
Preço: R$32,00
Na ponta dessa tendência, a Tarja Editorial lançou o livro “A Bondade dos Estranhos”, do premiado escritor João Barreiros (autor do blockbuster Terrarium, em parceria com Luis Filipe Silva).

A obra, ousada no aspecto visual e no conteúdo, é nitidamente moldada com os recursos que vêm atraindo milhares de fãs de literatura de ficção científica ao redor do globo: muita ação, uma história complexa e personagens ricos em conflitos internos. A obra, já publicada no mercado europeu, aporta no Brasil com a promessa de satisfazer com excelência aos leitores do gênero.

A obra tem uma premissa para lá de interessante:

A segunda metade do século XXI não é uma época ideal para se viver. Especialmente quando o nosso planeta foi gentilmente “ocupado” por duas espécies alienígenas que decidiram nos presentear com suas Utopias antagônicas. E por uma terceira, que se propõe a eliminar as concorrentes com eficiência. Mas a verdade é que não existem almoços gratuitos e tudo tem um preço. Que fazer quando nos oferecem de mão beijada o contato direto com Deus? Ou a felicidade absoluta da perda do “Eu” pela integração com o Bem Maior? Que fazer quando três novas ecologias devoram o já fragilizado ecossistema terrestre? Como proceder quando os humanos rejeitam visceralmente a irrecusável presença do Outro? Como manter contato? Como fazer para nos comunicarmos com monstros? Nada mais simples que a pílula negra. A droga da Empatia. O amor sintético por tudo quanto é estranho em forma de uma drágea.

Joana Mendes, a jovem vítima do Projeto Candy-Man, vai ter de provar, num longo e inesquecível dia de babá (isto, caso consiga sobreviver!) a eficácia deste tipo de droga. Tomar conta de crianças alienígenas não é tarefa fácil. Principalmente, quando o “parque infantil” é uma floresta carnívora. E, as “crianças”, essas são tudo, menos isso.

Traída por todos aqueles em quem deveria confiar, Joana vai apenas depender da Bondade dos Estranhos.

A literatura de Barreiros é uma das mais comentadas de Portugal, não apenas por sua qualidade narrativa, mas também pela versatilidade. Esperamos agora que venham mais e mais livros dessa aliança Brasil-Portugal que a Tarja Editorial iniciou, não apenas deste autor, mas de diversos outros.


Sobre o autor: João Barreiros é escrito, editor, tradutor e crítico de ficção científica. Formado em Filosofia na Universidade de Lisboa, é professor em Portugal, país onde nasceu e reside. Seus trabalhos já foram traduzidos para o inglês, espanhol. francês, italiano e sérvio, culminando agora com sua adaptação para o português brasileiro. Ganhou por duas vezes o prêmio Nova. Colaborou com os jornais Público e O Independente, e com as revistas Ler e Os Meus Livros. Autor dos romances Disney no céu entre os Dumbos e A verdadeira invasão dos marcianos, além do épico Terrarium: Um romance em mosaicos, em parceria com Luís Filipe Silva. Também possui coletâneas, como Duas fábulas tecnocráticas, O caçador de brinquedos e outras histórias e Se acordar antes de morrer.

Contos de fadas narrados de forma original e adulta são a aposta do mercado editorial

O reino das névoas
Autoria: Camila Fernandes
Nº de páginas: 168
Formato: 14 x 21cm
ISBN: 978-85-61541-38-5
Preço: R$30,00

Em sintonia com o crescimento da literatura de fantasia no mundo e com os muitos eventos relacionados ao assunto no País, as editoras iniciam a publicação de literatura com um público-alvo que vem sendo esquecido: o adulto. Na ponta dessa tendência, a Tarja Editorial lança o livro Reino das Névoas – contos de fadas para adultos, da escritora paulistana Camila Fernandes, uma das autoras da coleção Necrópole e participante de várias antologias, como a recente A Fantástica Literatura Queer.

Ganhadora de uma bolsa oferecida pelo ProAC – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, a obra traz 7 histórias no estilo dos contos de fadas em sua forma original: violenta, quando necessário; bela, quando possível; picante, quando ideal.

O livro, de visual ousado, contém ilustrações da própria autora abrindo cada um dos contos do livro, com novas histórias que brincam com elementos clássicos: príncipes e princesas, feiticeiras, maldições, bosques misteriosos, feras falantes. Trata-se de um livro de contos de fadas que não se autocensuram e, ao mesmo tempo, têm o sabor da moderna ficção fantástica.

A apresentação, do escritor Richard Diegues, dá uma noção da obra:

“Gosto de Contos de Fadas. Todos gostam. São histórias que ouvimos de pessoas queridas, desde a tenra infância, com finais felizes, sempre nos transmitindo uma moral que devemos aprender e conservar para os futuros adultos em que nos tornaremos. (...) Crescemos com eles em nossa memória. E, então, chegamos à vida adulta e aprendemos que nem tudo neles é realmente factível na vida real. Enfim, começamos a nos perguntar: o que foi escondido pelos escritores que, ao longo dos tempos, foram adaptando, lapidando e moldando essas lendas para torná-las palatáveis? O que nossos pais esconderam sutilmente de nós enquanto os liam na cabeceira de nossas camas? Agora que somos adultos, procuramos por essas respostas. E aqui, neste livro, elas estão em cada linha (...).”

As ilustrações são um diferencial. “Sempre adorei livros ilustrados. Quero oferecer ao leitor o tipo de obra que eu mesma procuro”, explica a autora. Ela ainda destaca o fio condutor do livro: “o despertar para o mundo adulto e para o autoconhecimento, na forma dos vários perigos que os personagens têm de enfrentar para passar de um estágio a outro na vida. Minha proposta é usar a fantasia para falar da realidade”.
Reino das Névoas é uma ótima pedida para relaxar os olhos e a mente, desviando-se um pouco dessa neblina do politicamente correto que vem encobrindo a literatura nacional dos últimos anos.

Sobre a autora: Camila Fernandes é escritora, preparadora e revisora de textos, enquanto seu alter ego, Mila F., é ilustradora. Paulistana, tem contos publicados nos livros Necrópole - Histórias de Vampiros (2005), Necrópole - Histórias de Fantasmas (2006), Visões de São Paulo (2006), Necrópole - Histórias de Bruxas (2008), Paradigmas - volume I, II e III (2009), Extraneus - Quase Inocentes (2011) e A Fantástica Literatura Queer (2011).